Esqueci-me da minha palavra-passe

Esqueci-me da minha palavra-passe. Sou uma idiota e esqueci-me da minha palavra-passe.
Martirizei-me por mais de um ano, porque me tinha esquecido do raio da palavra-passe. E tinha saudades disto. Oh, como tinha tantas saudades.
Espero que ainda esteja nas vossas memórias, porque vocês estão na minha. E eu preciso de voltar, contar-vos o que se tem passado comigo. Desabafar.
Não volto a esquecer-me da minha palavra-passe. Prometo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

«sorri, esquece, dorme, sonha; mas sobretudo, vive»